Como prevenir a trombose venosa profunda?

A Trombose Venosa Profunda, também conhecida como TVP, é a formação de um coágulo sanguíneo em uma veia profunda, geralmente na perna, bloqueando o fluxo de sangue na região e causando dor intensa, além de outros sintomas. A depender de qual veia foi acometida pela doença, a trombose pode ser mais ou menos grave. No entanto, quando o coágulo se movimenta na corrente sanguínea, ocorre a embolia, que pode levar a lesões graves. Além disso, quanto mais próximo do coração for o coágulo, maior será a gravidade, assim como o risco de morte.

Abaixo, saiba mais sobre a trombose e como prevenir a doença.

O que causa a Trombose Venosa Profunda?

Apesar de a trombose possuir diversas causas, uma das principais é a imobilidade prolongada, ou seja, indivíduos que passam longas horas na mesma posição todos os dias. No entanto, a doença possui alguns fatores de risco. São eles:

  • Tratamento com anticoncepcionais;
  • Sedentarismo;
  • Idade avançada;
  • Obesidade;
  • Presença de varizes;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Histórico familiar.

Por isso, caso apresente um ou mais dos fatores de risco listados acima, é fundamental buscar ajuda médica especializada para verificar a sua saúde e, se for o caso, diagnosticar a doença em sua fase inicial.

Quais são os sintomas?

Embora em alguns casos a doença seja assintomática, é importante atentar-se para sinais como vermelhidão na pele, dor e rigidez na musculatura. Além disso, em casos mais graves, quando a trombose causa uma embolia, a condição pode apresentar sintomas como:

  • Inchaço extremo;
  • Calor na região afetada;
  • Dor repentina, constante e intensa;
  • Palpitações no coração;
  • Veias dilatadas.

Portanto, o check-up cardiovascular deve ser feito todos os anos, visando diagnosticar doenças como a TVP em sua fase inicial, em que o tratamento é menos invasivo e possibilita maiores chances de cura.

Como prevenir a TVP?

Como uma doença grave, a TVP deve ser encarada com seriedade. Isso porque, se não for tratada corretamente e imediatamente, a doença pode acarretar sérias consequências à saúde do paciente. Por isso, além do acompanhamento médico, é fundamental que medidas protetivas sejam tomadas, inclusive no dia a dia.

A principal maneira de prevenir a trombose é evitar o sedentarismo. Por isso, é recomendado que o paciente encontre um esporte que lhe faça bem, como natação, lutas, futebol ou, até mesmo, uma simples caminhada todos os dias. O importante é evitar longos períodos sentado ou deitado, o que contribui para o desenvolvimento de coágulos sanguíneos, causando a doença.

Além disso, vale ressaltar a importância de se alimentar corretamente, evitando o excesso de peso. Por isso, evite alimentos gordurosos e industrializados e crie o hábito de consumir frutas, legumes e verduras diariamente. Ademais, quando indicado pelo cirurgião vascular, use meias elásticas e medicamentos para evitar o desenvolvimento tromboseda doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu